Tesla no piloto automático pede ajuda no trânsito do Vietnã

Tesla no piloto automático pede ajuda no trânsito do Vietnã

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O trânsito caótico das grandes cidades brasileiras não deve ser um bom lugar para o piloto automático dos veículos da Tesla. Pelo menos, é o que dá para perceber ao ver um Model X da montadora tentar, desistir e pedir ajuda ao motorista no tráfego da cidade de Ho Chi Minh, cidade mais populosa do Vietnã.

Leia mais:

publicidade

Em um vídeo publicado na última sexta-feira (26) no YouTube pelo canal HighTech Machining, é possível ver o veículo tentar andar no trânsito do local. Ele identifica as várias motos passando pelos corredores, mas logo pede que o motorista segure o volante. O carro sozinho chega a apenas 6km/h, antes de desacelerar.

“Assuma imediatamente”, diz a mensagem no painel do Tesla Model X, quando ele desiste. Nos comentários da publicação, o autor do vídeo responde a um internauta que “ainda assim é uma máquina” quando apontado que se trata do piloto automático e não do Full Self-Driving (FSD).

Confira o vídeo abaixo:

O piloto automático da Tesla pode controlar o carro usando oito câmeras externas, radar e doze sensores, além do computador de bordo. Já o FSD, ainda em versão beta, promete mudar de faixa durante a navegação em estradas, estacionar e manobrar em espaços apertados. O uso em vias dentro das cidades ainda é algo a ser aprimorado, segundo o site da própria montadora.

A Tesla testa a versão beta do FSD. Imagem: YouTube/Reprodução

No começo deste mês de março, Elon Musk, CEO da Tesla, anunciou a ampliação dos testes com o software totalmente autônomo para mais motoristas. Mesmo mais avançado que o piloto automático, o FSD ainda exige atenção dos motoristas, que são responsáveis pelo veículo.

A marca também afirmou às autoridades dos Estados Unidos que o software não será totalmente autônomo quando lançado. O FSD final está em pré-venda, por US$ 10 mil.

Via: TeslaRati

FONTE ORIGINAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Suporte
Estamos online...