‘Senhor dos Anéis’ filmado na União Soviética ressurge 30 anos depois

‘Senhor dos Anéis’ filmado na União Soviética ressurge 30 anos depois

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

A trilogia de filmes de ‘O Senhor dos Anéis’ – ‘A Sociedade do Anel’ (2001), ‘As Duas Torres’ (2002) e ‘O Retorno do Rei’ (2003) – estão entre os filmes mais premiados (com 17 prêmios no Oscar ao todo, com o último filme ganhando 11 deles) e celebrados da indústria. Mas não são a única adaptação da obra de J. R. R. Tolkien.

A Saga do Anel inspirou duas animações, lançadas em 1978 e 1980, um musical feito para TV na Suécia em 1971, uma minissérie também para TV, na Finlândia, em 1993, e dois especiais produzidos na União Soviética, um em 1985 e outro em 1991. Este último voltou à vida no YouTube, graças ao Canal 5 da Rússia.

publicidade

A produção, intitulada ‘Khraniteli’ (que significa “guardiões” em russo), foi filmada em um estúdio de televisão em Leningrado e exibida só uma vez, para nunca mais ser vista – até agora. Baseada no primeiro livro, o filme foi dirigido por Natalya Serebryakova e conta com Viktor Kostetsky (Gandalf), Georgy Shtil (Bilbo), Valery Dyachenko (Frodo) e Elena Solovey (Galadriel), entre outros artistas.

‘Khraniteli’ está dividido em duas partes, e adapta o primeiro livro da saga, ‘A Sociedade do Anel’. O orçamento é baixíssimo, e a produção não chega nem perto do esmero visual das versões feitas por Peter Jackson. Mas o ‘Senhor dos Anéis’ russo tem seu mérito: é mais fiel ao material original de Tolkien, e conta até com o encontro dos hobbits com um dos personagens mais controversos do universo da Terra-Média: Tom Bombadil.

Leia mais:

Uma das criaturas mais poderosas do universo criado pelo escritor britânico, Bombadil destoa bastante dos outros personagens do livro. Ele surge quando o quarteto de hobbits são atacados e presos por uma árvore senciente (não confundir com um Ent) logo depois de saírem do Condado e antes mesmo de chegar a Bri. Tom Bombadil os resgata e os leva para sua casa, onde está sua esposa, Fruta d’Ouro. Frodo relata a ele sua missão com o anel, mas o personagem estranhamente não é afetado pelo artefato mágico (Bombadil chega inclusive a tocá-lo).

Por essas incongruências – e para manter o ritmo da narrativa – Peter Jackson cortou totalmente a participação de Bombadil no filme. Até hoje, os fãs dos livros debatem a verdadeira natureza do personagem, e há quem defenda que ele seja um tipo de divindade. No próprio livro, o meio-elfo Elrond conta que Bombadil é um dos seres mais antigos de toda a Terra-Média e que ele tem pouca preocupação com o mundo fora de seu próprio domínio.

Via: Gamespot/Esquire

FONTE ORIGINAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Suporte
Estamos online...