Robôs usam luz ultravioleta para desinfetar aviões contra a Covid-19

Robôs usam luz ultravioleta para desinfetar aviões contra a Covid-19

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Para tentar tornar os aviões mais seguros contra o vírus da Covid-19 (e qualquer outra patologia do tipo), a empresa suíça Uveya está testando uma tecnologia que utiliza robôs com luz ultravioleta (UV) para desinfetar as aeronaves. O objetivo é mostrar para os passageiros que o ambiente foi totalmente limpo antes de fazer uma nova viagem.

Imagem: Dnata Divulgação

A companhia está testando a tecnologia em modelos da Helvetic Airways e os robôs são capazes desinfetar completamente aviões de um corredor em 13 minutos usando ultravioleta.

publicidade

Veja também!

“É uma tecnologia bem antiga, mas bem perigosa. Por isso queremos tirar o trabalhador do alcance da luz. Por isso fizemos um robô, porque há algumas soluções quando você está perto da luz, mas isso é perigoso. Então, nós tivemos que fazer um sistema realmente autônomo”, disse o cofundador da Uveya, Jodoc Elmiger.

“Nós o ligamos, deixamos a máquina para fazer a desinfecção em todo o avião e, então, ela para automaticamente, para o trabalhador não estar em contato com a máquina. Também verá se não há nenhum resquício, nem químico. Logo, isso também é muito importante para o viajante, saber que tem um local seguro e que não há resíduos químicos nos assentos, em lugar algum”, completou ainda.

“Esta é uma tecnologia comprovada, usada há mais de 50 anos em hospitais e laboratórios, é muito eficiente”, disse Elmiger também. “Não deixa nenhum vestígio ou resíduo,” finalizou.

A Dnata, empresa de serviços aeroportuários que também participa dos testes com a Uveya, planeja vender os robôs com ultravioleta para aviões e outros ambientes por 15.000 francos suíços (algo na faixa de R$ 90 mil). “Estávamos procurando uma solução sustentável e ecologicamente correta para atender a essas solicitações”, disse Lukas Gyger, diretor de operações da Dnata na Suíça.

O robôs possuem luzes montadas em forma de crucifixo e lançam o ultravioleta em uma luz suave nos aviões. Lentamente os aparelho avançam dentro da aeronave até o fim do corredor. O processo não deve demorar mais de 13 minutos por compartimento em modelos de médio porte e desinfeta completamente o ambiente.

Via Reuters

FONTE ORIGINAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Suporte
Estamos online...