Presidente do BC incentiva conversa entre bancos sobre criptomoedas

Presidente do BC incentiva conversa entre bancos sobre criptomoedas

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, incentivou que bancos centrais do mundo conversem mais sobre criptomoedas, para que seja estabelecido um padrão entre elas.

“Estamos avançando muito no processo de moeda digital e deveremos ter notícias em breve”, afirmou ele, durante reunião com banqueiros centrais ibero-americanos, na segunda-feira (12).

publicidade

Para o executivo, ainda há a dúvidas cruciais sobre as criptomoedas, em termos de entendimento sobre se bancos centrais terão controle sobre emissão e custódia das moedas, se elas serão rastreáveis, quais tecnologias serão a base para sua adoção, entre outras questões.

Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, defende que haja conversas para que bancos adotem criptomoedas. Crédito: Jo Galvao/Shutterstock

Vale lembrar que a organização há algum tempo discute o uso de criptomoedas no mercado e até já realizou estudos para discutir os impactos da implementação de uma moeda do tipo no Brasil.

A análise ainda está em andamento e os resultados estão previstos para ser divulgados em 2022.

Bloqueio à vista?

Há no mercado diferentes visões sobre criptomoedas. Recentemente, por exemplo, o fundador da Microsoft, Bill Gates, já criticou o uso das moedas virtuais por acreditar que elas podem causar um grande impacto ambiental.

Saiba mais!

Ele não é o único que já se posicionou contra ao seu uso: a secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, e também a presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, já deixaram claro que acreditam que bitcoins são comumente usadas para lavagem de dinheiro, financiamento do terrorismo e atividades ilegais.

Para o CEO da Kraken, Jesse Powell, uma das principais bolsas de bitcoins da atualidade, pode-se esperar um futuro de repressão para a criptolândia.

Em recente entrevista à CNBC, Powell afirmou que, essa incerteza regulatória em torno das criptomoedas não vai desaparecer tão cedo.

Imagem mostra a moeda virtual bitcoin
Criptomoedas ainda devem enfrentar muita descrença e desafios para aceitação em grande escala. Crédito: Shutterstock

“Algo assim poderia realmente prejudicar criptomoedas e meio que matar o uso original, que era apenas tornar os serviços financeiros acessíveis a todos”, afirma Powell. Ele se refere a uma recente regulamentação implementada nos EUA que visa combater a lavagem de dinheiro e prevê uma verificação de identidade de usuários de carteiras digitais privadas com criptomoedas que realizarem transações de US$ 3 mil ou mais.

Ao mesmo tempo, o interesse acerca das moedas virtuais é crescente em uma análise mais ampla. Prova disso é o valor do bitcoin, que ultrapassou US$ 62 mil nesta semana.

Além disso, uma das principais bolsas de valores de moedas virtuais, a Coinbase, está se preparando para abertura de capital nesta quarta-feira (14) e já está cotada para um valor de mercado na casa dos US$ 100 bilhões.

Via: CNBC e Money Times

FONTE ORIGINAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Suporte
Estamos online...