PepsiCo quer ter mais pessoas negras em cargos de liderança até 2025

PepsiCo quer ter mais pessoas negras em cargos de liderança até 2025

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

filial brasileira da PepsiCo anunciou que quer aumentar o número de pessoas negras em cargos de liderança da companhia até 2025. A ação reforça o compromisso da mundial da empresa em prol da equidade racial e vem na esteira da celebração do Dia Internacional Contra a Discriminação Racial, comemorado no último dia 21 de março. 

A meta do conglomerado é que, dentro de quatro anos, o número de líderes negros seja de 30%. Hoje, a empresa é reconhecida por práticas em recursos humanos que incluem diversidade, equidade de gênero e raça e inclusão de pessoas com deficiência. 

publicidade

“Sabemos que temos um longo caminho a percorrer em prol da diversidade racial”, explica Fábio Barbagli, vice-presidente de recursos humanos da PepsiCo no Brasil ao portal Propmark. “Mas reforçamos o nosso compromisso traçando uma jornada que seguirá em ritmo acelerado, a partir dos nossos programas internos e das parcerias que firmamos com as principais entidades do setor”. 

Leia também: 

Empresa tem investido em diversidade

PepsiCo aumentou seu número de estagiários e trainees negros.Crédito: Shutterstock

Desde 2019, a PepsiCo possui um programa de mentoria para profissionais negros, ima iniciativa que é focada no desenvolvimento delas dentro da empresa. Além disso, o sistema de seleção de estagiários e trainees é feito às cegas em relação à etnia, gênero e fluência em idiomas. A medida, segundo a empresa, aumentou a representatividade em 45% na edição 2021. 

Em junho de 2020, na esteira dos protestos contra a morte de George Floyd, a empresa anunciou um investimento de US$ 400 milhões (R$ 2,28 bilhões) em cinco anos para promover o desenvolvimento de comunidades negras nos Estados Unidos 

Com informações do Propmark 

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal! 

FONTE ORIGINAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Suporte
Estamos online...