Huawei teria vendido marca Honor para focar em topos de linha

Huawei teria vendido marca Honor para focar em topos de linha

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

Adicionando fora a rumores do ms passado, relatos da mdia chinesa do conta de que a Huawei j teria vendido a subsidiria Honor, especializada na fabricao de smartphones de entrada e intermedirios. A informao ainda no tem confirmao oficial, mas diversos veculos asiticos esperam um anncio formal da empresa em 20 de novembro.

Diversos canais afirmam que a talvez ex-subsidiria da Huawei agora ser comandada por uma joint venture formada por vrias empresas do setor: Putian, Tianyin, China Post, Aishide (todas distribuidoras de smartphones na China), bem como uma empresa de investimentos. O valor do negcio estaria entre 15 bilhes e 25 bilhes de yuan – US$ 2,2 bilhes a US$ 3,7 bilhes.

Honor uma subsidiria da Huawei especializada em smartphones com configurao intermediria. Imagem: Huawei/Divulgao

A venda, caso confirmada, permitiria Honor voltar a negociar com empresas dos Estados Unidos, sobretudo na fabricao de smartphones com chipsets americanos, como outras empresas costumam fazer com a Qualcomm, por exemplo. A “guerra comercial” entre EUA e China – que resultou no banimento da Huawei da nao norte-americana h alguns anos – s vale para o lado corporativo da empresa chinesa e suas propriedades.

Ao se separar completamente da Huawei, a Honor consegue autonomia operacional e gerencial suficientes para no apenas adquirir componentes anteriormente restritos a ela, como tambm poder lanar produtos equipados com Android. O sistema operacional mvel do Google tambm isolado da Huawei, que recentemente lanou o Mate 40 Pro, o qual deve ser o ltimo da empresa equipado com o Android.

No lado operacional, a suposta transao inclui tambm a cadeia de fornecedores, os colaboradores e empregados, equipes de pesquisa e desenvolvimento e todas as estruturas sob o nome da Honor. Isso pode facilitar a vida de novos proprietrios, quando estes tentarem reativar os negcios da marca, combalidos pela disputa da Huawei com os EUA.

Em outubro, foi relatado na mdia que empresas como a Xiaomi, TCL e o Digital China Group eram algumas das interessadas em adquirir a Honor, mas as informaes tambm foram tratadas como rumores e no ganharam trao.

A Huawei no comentou as informaes at o momento.

Fonte: Techradar

FONTE ORIGINAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Suporte
Estamos online...