Atualize o Chrome: Google libera correção para duas falhas em uso pelo cibercrime

Atualize o Chrome: Google libera correção para duas falhas em uso pelo cibercrime

Créditos:Todos direitos de imagens, vídeos e do texto referente a esse artigo estão no final:

uma boa ideia atualizar o seu Chrome. O Google liberou nesta tera-feira (3) uma atualizao importante para o navegador, que visa fechar duas vulnerabilidades do tipo “zero-day”, que significa que elas j esto sendo ativamente exploradas pelo cibercrime.

Uma das falhas afeta a verso do navegador para desktops, atingindo especificamente o motor V8 do Chrome, utilizado para renderizao de JavaScript. Com ela, um cibercriminoso pode executar remotamente cdigo no dispositivo afetado, permitindo que a mquina fique sob seu controle.

J a outra vulnerabilidade afeta especificamente o Chrome para Android, que permitia escapar da sandbox do sistema, na prtica habilitando o cibercriminoso a agir alm dos limites do navegador para interferir com camadas mais profundas da plataforma.

Como nota o site Ars Technica, no entanto, Ben Hawkes, que lidera o Project Zero, iniciativa do prprio Google de pesquisa em cibersegurana e deteco de falhas em todos os tipos de softwares, no detalha as ameaas. No se sabe especificamente o mtodo utilizado para explor-las, quem so os alvos e quais verses do navegador estavam vulnerveis.

Ainda assim, recomendvel atualizar o navegador. Normalmente, o Chrome faz isso sozinho nos PCs, assim que o browser fechado e reaberto. Para o Android, a atualizao chega pelo Google Play, a partir da verso 86.0.4240.185.

a segunda vez em menos de um ms que o Google precisa lanar uma atualizao para solucionar falhas que j esto na mo do cibercrime. H duas semanas, a empresa corrigiu uma brecha no Chrome ligada ao Freetype, uma ferramenta de renderizao de fontes, que, aliada a uma vulnerabilidade no Windows 10 e no Windows 7, permitia a execuo de cdigo no computador da vtima. Do lado da Microsoft, a falha ainda no foi corrigida.


Segurana Google Chrome cibercrime google chrome cibersegurana Crime

FONTE ORIGINAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Suporte
Estamos online...